NutriVida 

        Quando  recebi o  convite do Prof. Jairo  para participar deste  projeto, não  imaginava a dimensão deste

trabalho. Grata  foi  a surpresa,  quando  em  uma  visita ao  Departamento  de  Educação Física  da  Escola

descobri a grandiosidade  deste  projeto  e  claro  me  coloquei  a  disposição para  fazer parte  deste.

        Espero contribuir positivamente, associando  Alimentação Adequada e  Saudável à  prática de Atividade

Física dos  participantes do grupo. Inicialmente a proposta é o Atendimento Individual, composto de Avaliação

Antropométrica,  Clínica e Física  e  Anamnese Alimentar,  avaliando  também as  necessidades nutricionais,  

e  prescrevendo  Plano  Alimentar e  respectivas  orientações. Com o decorrer  do trabalho, outras atividades

poderão ser desenvolvidas.

        Na oportunidade, agradeço ao Prof. Jairo pelo convite, aos seus monitores pelo acolhimento e dedicação 

e desejo Sucesso a todos nós... 

                                                                                                                 Daniele Fonseca - Nutricionista

 

FÓRUM DE DISCUSSÃO - Esclareça suas dúvidas com nossa Nutricionista

Dieta

Diego | 18/05/2012

Qual a Dieta certa para o ganho de massa muscular?

Re:Dieta

Daniele Fonseca | 14/06/2012

Olá Diego. Respondendo a sua pergunta, primeiro quero ressaltar que a Dieta deve ser individualizada, ou seja, não existe uma padrão para considerarmos "Dieta Certa". Mas existe sim algumas orientações Nutricionais para Ganho de Massa Muscular (MM). O ideal seria a associação correta de Proteínas e Carboidratos. Para ganharmos MM precisamos principalmente de Proteínas (Ptns), em especial as de origem animal por apresentarem alto valor biológico, associado sempre a atividade física (musculação por exemplo) que deve ser orientada por profissional habilitado. A ingestão de Ptns deve ser preferencialmente após a atividade, uma vez que neste momento há maior síntese proteíca. Outro nutriente importante é o Carboidrato, que irá auxiliar na reposição de energia após a atividade física. Lembrando que devem usados preferencialmente carboidratos complexos, como os alimentos integrais. Abraços. Espero ter ajudado e qualquer dúvida deixe outra pergunta.

Re:Re:Dieta

Daniele Fonseca | 14/06/2012

Ahhh exemplo de alimentos que podem ser ingeridos até duas horas após a atividade: Cereais com leite ou iogurte desnatado; Pães, biscoitos sem recheio, bolo simples; Frutas frescas ou secas; Barra energética e protéica; Água de coco; Água.

Re:Dieta

Renan | 08/09/2012

Você tem que se alimentar com alimentos ricos em proteína e carboidrato.

Duvida

Pedro Antônio | 30/04/2012

Olá Danny,
Banana é bom contra cãimbras?

alimentação

João | 26/10/2011

Faço academia - musculação - e gostaria de saber qual banana é melhor para comer se é a prata ou caturra. Obrigado

Re:alimentação

Daniele Fonseca | 03/11/2011

Olá João. A Banana é um alimento muito recomendado para os praticantes de atividade física por ser um alimento energético, de fácil absorção pelo organismo, podendo recuperar as reservas energéticas durante o exercício e por ser fonte de Potássio. Contêm ainda vitaminas C, A, B1, B2, B6 e minerais. O potássio é um mineral que entre outras funções está relacionado ao bom funcionamento muscular, evitando câimbras e arritmias. Em relação à composição nutricional percebe-se que não há diferença significativa entre a Banana Prata e Caturra, sendo que as duas contêm aproximadamente (em 100 g): 100 calorias, Carboidratos 28g, Proteínas 1g, Gordura 1g, Potássio 370mg, Vitamina C 20mg, entre outros nutrientes. Então, o importante é não deixar de consumir esta Fruta. E lembre-se: se o seu objetivo for ganho de massa magra, já que você se referiu à musculação, é importante observar também a ingestão de proteínas, principalmente após a atividade de musculação. Abraços.

Doce

Guta Campos | 20/10/2011

Por que o meu organismo necessita de doce em grande quantidade?

Re:Doce

Daniele Fonseca | 07/11/2011

Oi Guta... É um pouco complicado afirmar que seu organismo precisa de Doces em grande quantidade. Na verdade, existem mecanismos que podem ser patológicos, quando a glicose sanguínea diminui e a pessoa precisa de açúcar. Mas podem ser fatores psicológicos que levam uma pessoa a ter vontade de doces. Se você fica muito tempo sem se alimentar, o nível de glicose do sangue cai, e o corpo precisa de energia para equilibrá-lo. Na maioria das vezes, as pessoas atacam os doces para suprir essa necessidade e, com o tempo, o inconsciente relaciona aquele alimento ao alívio daquela fome. O consumo de açúcar ajuda o corpo a liberar cortisol, um dos hormônios responsáveis pelo bem-estar. Por isso, muitos recorrem aos doces quando estão chateados ou desanimados. No entanto, esse mesmo hormônio também é um dos responsáveis pelo acúmulo de gordura. A falta de cromo também pode ser a responsável pela vontade de comer doces. Sendo assim, é importante controlar a quantidade de doces ingerida e não ficar muito tempo sem se almentar. O ideal é fazer de quatro a cinco refeições por dia. Entre as refeições, coma uma fruta. Abraços...

Novo comentário